História das Amêndoas Confeitadas

História das Amêndoas Confeitadas

Entre várias teorias da origem das amêndoas confeitadas, destacamos algumas até curiosas, que têm origem neste fruto tão antigo.

Uma delas, é que este doce já era conhecido na época Romana de 170 a.c, mesmo ainda não conhecendo o açúcar, a amêndoa era recoberta com o mel e farinha, e já era usada para celebrar seus eventos, tais como casamentos. Vestígios idênticos também encontrados na Grécia neste período. 


Outra teoria é de que no ano 1200 dc, a amêndoa, o anis e sementes de coentro eram também cobertos com mel endurecidos, estes doces estavam presentes em famílias nobres, que usavam para manter os caixões decorados, estes doces também foram vistos nestas épocas em Veneza, trazidos por comerciantes vindos do extremo oriente, onde o costume era do Império Bizantino, onde jogavam estes doces pela varanda em algumas festividades.


A história mais curiosa, é de que um médico árabe chamado Al Razi, usava o fruto amargo, para uso terapêutico, ele as cobria com açúcar para tornar mais agradável para as crianças.


Mas de todas as histórias que citamos acima, consideramos que a mais parecida com nossa amêndoa confeitada dos anos atuais, nasceu logo após a importação do açúcar na europa, isto ocorreu por volta dos anos 700 DC, mas somente entre 1200 e 1400 DC, é que começaram a serem produzidos os primeiros confetti ou confete (nome dado a amêndoa confeitada em algumas partes da europa).


No século XV, foi desenvolvido trabalho artístico de confete no mosteiro de Santa Chiara em Sulmona na Itália, fios de seda foram amarrados com confete para decorar, criando está antiga tradição em produtos de confeitaria.


Sulmona é a mais antiga fabricante italiana de confete, e nos dias de hoje são consideradas  as melhores amêndoas confeitadas da Itália, juntamente com as amêndoas confeitadas de verdum na França.



As amêndoas confeitadas são muito utilizadas no mundo inteiro, o fruto é cultivado principalmente na Califórnia e alguns países como Espanha, Itália, Irã, Marrocos, Tunísia, Turquia e Chile.


Alguns países que não são grandes produtores se especializaram no confeito, caso este de Portugal, onde as amêndoas confeitadas tem muita tradição e são utilizadas nos casamentos e outras comemorações, como batizados, bodas, aniversários e outras festas.


Até por ter tantas origens, e tradições, hoje temos vários tipos e  sabores tão especiais: clássicas, recheadas italianas, coloridas, pintadas com tinta especial comestível (prata e dourada) fazem desta antiga tradição uma beleza atual, saborosa e presença certa no seu evento ou em sua casa.

 

 

18/12/2013 Home, História 0 8958

Deixe seu comentário

Você deve logado para postar comentários.

Categorias do Blog

Últimos Comentários

Sem comentários

Arquivo de Posts

Comparar
Continue Comprando Comparar

adicionado à lista de desejos

Continue Comprando Minha lista de desejos